Festa da Penha

OUTRAS MATÉRIAS

Festa da Penha - Foto Adessandro Reis

Em 2020,  um dos maiores evento do Espírito Santo, a Festa da Penha, completa 450 anos. Mas, diante da pandemia do Novo Coronavírus, as homenagens a padroeira do estado aconteceram em um formato inovador. 

Nesta edição, a Festa chegou aos fiéis de forma virtual e interativa, por meio de canais na internet e pela transmissão da TV Gazeta.

 

Ao todo, durante os oito dias de comemoração, foram alcançadas mais de seis milhões de pessoas via redes sociais dos veículos da Rede Gazeta (Instagram e Facebook).  A audiência da missa de encerramento da festividade na Afiliada também foi positiva: cresceu 42% em relação ao último ano, atingindo 20,3 pontos de audiência média.

Durante a semana de programação virtual, foram mais de 776 mil visualizações nas páginas especiais dedicadas à Festa da Penha nos sites G1 ES, que exibiu ao vivo todas as missas do oitavário, e A Gazeta. 

Como faz parte da tradição da Festa da Penha os fiéis acenderem suas velas enquanto estão caminhando nas procissões ou em momentos de oração, o site A Gazeta também disponibilizou uma plataforma on-line para quem desejava deixar uma intenção para Nossa Senhora da Penha e acender a sua vela virtual. Ao todo, foram mais de 46 mil intenções dedicadas à padroeira do Espírito Santo que, durante a tradicional Romaria, foram representadas pelos ônibus iluminados.

“Ao todo, foram reunidos 46.329 pedidos de intenções no formulário criado para atender a essa tradição que já faz parte das missas católicas, assim como também está presente na Festa da Penha. A vela virtual foi um símbolo para aquecer o coração dos capixabas que estão tendo que enfrentar a difícil guerra contra o coronavírus ‘ , disse o diretor de Marketing e Desenvolvimento Digital, André Furlanetto, para o site A Gazeta.

Além disso, como já é de costume, a Festa da Penha promove todos os anos festivais musicais com artistas capixabas. Nesta edição, foi a vez do Festival Amor e Esperança, realizado virtualmente através de lives nas redes sociais da TV Gazeta, que contaram com nove cantores capixabas, como Alemão do Forró, Padre Anderson e Flavinha Mendonça. No total, os shows ao vivo somaram mais de 59 mil acessos de internautas.

Para o gerente de Eventos e Projetos, Bruno Araújo, uma grande questão foi reformular o evento, que é tão tradicional e importante para o povo e a cultura capixaba, em menos de 30 dias. ‘ Foi um desafio para a Rede Gazeta desenvolver um projeto que tinha suas características tradicionais 100% presenciais de forma a transformá-lo em uma ação 100% virtual. Foi um trabalho multidisciplinar, que envolveu quase todas as áreas da empresa em conjunto com a organização da Festa da Penha e foi um sucesso. ‘

Por Caroline Mauri, publicada no site UniGlobo

 

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp